O QUE PRECISO FAZER PARA PILOTAR UM DRONE?

Conforme cresce o número de drones por todo o mundo, os diferentes países vêm buscando formas de controlar e fiscalizar o seu uso. Como toda nova tecnologia, falta ainda entender seus limites, tanto de uso quanto legais.

No Brasil, passos importantes foram dados na direção de tornar a legislação de pilotagem de drones mais completa, com diferentes agências do governo, como a ANAC e a Anatel, criando regras especificas para a utilização de drones.

MAS AFINAL, O QUE PRECISO PARA PILOTAR UM DRONE?

É importante ressaltar que os drones podem parecer brinquedos, mas eles não são. Fotos e filmagens são algumas das maneiras de ganhar dinheiro com drone, mas o que é necessário para ser um piloto de drone?

  • Comprar um equipamento

Na hora de comprar um drone alguns cuidados devem ser tomados. Deve-se observar qual o uso que você pretende dar para o drone, se vai ser recreativo ou para uso profissional.

Isso definido, observe se o modelo da sua escolha possui a homologação da Anatel, pois ela tem restrições quanto ao uso de aparelhos que são controlados por meio de radiofrequência.

  • Registre a sua aeronave

A ANAC exige que as aeronaves usadas para fins comerciais sejam registradas, para assim emitir uma autorização de uso, que pode ser para pesquisas ou fins lucrativos.

Essa autorização contém o número de série de um equipamento especifico, por isso deve ser realizado após a compra do seu drone. Drones usados com fins recreativos não necessitam de autorização da Anac, pois entram na legislação de aeromodelismo.

A ANAC desenvolveu o Sistema para Aeronaves Não Tripuladas – SISANT, que é utilizado para o cadastro de aeronaves utilizadas de maneira comercial, serão necessários alguns dados como uma foto, informações do proprietário e do equipamento, dentre elas a homologação da Anatel.

Se o modelo que você escolheu não possuir essa homologação, não se preocupe. Você pode entrar em contato e pedir que a Anatel analise o seu equipamento e faça a homologação. Esse serviço, no entanto, tem um valor, que gira em torno de 200 reais.

O Departamento de Controle do Espaço Aéreo – DECEA, desenvolveu o SARPAS, Sistema de Aeronaves Remotamente Pilotadas, que tem como função registrar os pilotos, equipamentos e áreas de utilização dos drones de maneira comercial.

É importante entrar em contato com as autoridades antes do uso de seu drone e faze-lo em áreas especificas ou reservadas para o aeromodelismo, pois qualquer incidente causado será julgado pela legislação da Aviação Civil.

  • Faça um curso de piloto de drones

O certificado de piloto de drone é indispensável para o uso de drones de maneira profissional, pois ele permite que você ratifique a sua experiência como piloto e permita cobrar pelos seus serviços prestados.

Apesar de não se ter uma definição especifica para quanto ganha um piloto de drone, a remuneração média dependendo do serviço executado, gira em torno de 1000 reais por dia.

Na DroneZoom, oferecemos cursos que preparam você para se tornar um piloto de drone profissional e fazer a manutenção do seu equipamento. Contamos com opções de cursos que ajudarão você a montar seu próprio negócio.

 

Esta entrada foi publicada em Uncategorized e marcada com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.