DRONE- HOBBY OU TRABALHO?

Como muitas das tecnologias que usamos hoje em dia, originalmente, os VANTs, veículos aéreos não tripulados, foram criados para uso nas forças armadas, pois podia ser usado sem colocar em risco as vidas dos pilotos.

Sua capacidade tática e ótima funcionalidade fizeram com que ele fosse usado nos mais diferentes cenários, desde o reconhecimento de território até o ataque a forças inimigas, sua eficácia como equipamento de guerra ficou comprovada.

Mas agora ele é usado na sociedade civil, e o número de drones cresce a cada ano. Apesar de parecer, a pilotagem de drone não é uma brincadeira, mas sim um hobby de entretenimento ou um equipamento de trabalho. Vamos ver como esses equipamentos são usados nessas áreas.

DRONES COMO ENTRETENIMENTO

Quando usados como entretenimento, os drones entram na categoria de aeromodelos, tendo legislação e locais para pratica próprios. Pilotar um drone não é uma brincadeira, mas isso não impede que seja divertido.

A complexidade dos controles, que apresentam semelhanças com o de aeronaves reais, exige um piloto qualificado, que sabendo manejar bem o seu equipamento irá se divertir tanto quanto outro aeromodelista.

O entretenimento é a área que propicia a entrada no mundo do drone para iniciantes, mas isso não significa que qualquer um pode pilotar. É importante estar acompanhado de alguém mais experiente para ensinar como se pilota com segurança.

DRONES COMO EQUIPAMENTO DE TRABALHO

O uso de drones como ferramentas de trabalho vêm crescendo exponencialmente nos últimos tempos graças a sua diversidade de usos.

Ele encontrou espaço principalmente na captura de imagens e vídeos, sendo de grande valia para a imprensa na cobertura de eventos, pois o uso de drones propicia ângulos de imagens antes muito difíceis de serem capturados.

Na construção civil os drones também tem encontrado bastante espaço. Eles são usados no acompanhamento de obras, em mapeamentos de terreno e como ferramentas para coleta de medidas topográficas.

Graças ao seu tamanho e a ausência de tripulação, os drones podem servir como ferramentas de inspeção em parques industriais e de manutenção em industrias de geração de energia de risco, como usinas nucleares.

Nos últimos tempos, grandes empresas do ramo de entregas vêm testando os drones como ferramentas de delivery.

Seu potencial de entregas velozes e com menos uso de recursos humanos ajuda a reduzir custos e aumentar os lucros das empresas.

Alguns avanços ainda precisam ser feitos na segurança e na confirmação da entrega, antes da adoção em larga escala, mas os resultados até agora são promissores.

Por fim, os drones vem sendo usados pelas forças de segurança de cidades por todo o mundo, como ferramentas de vigilância e até ajudando no resgate de banhistas.

Esta entrada foi publicada em Uncategorized e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.